6 de jan de 2012

Carta de Uma Eterna Apaixonada

A vida seria bem mais simples se pudéssemos controlar nosso coração e nossas emoções.
Sofrimento, é um sentimento pelo qual nenhum ser humano quer sentir, mas ele está aí, a rodear sua vida, quando menos se espera, ele invade seu coração, lhe roubando toda emoção de sentir de novo alegria.
Não me julgo por amar de mais, mas foi por causa desse amor que me entreguei a você e fui verdadeiramente feliz, por um período de tempo não muito longo, mas o suficiente para saber o que te agradava e o que o deixava irritado. Mas não foi tempo suficiente, para saber que amor por mim nunca sentiu.
Suas falsas palavras de amor e carinho invadiram meu coração, me deixando acreditar que a mim você amava, essas mesmas palavras, me fez a cada dia me encantar e me apaixonar mais e mais.
Quando estava certa que nosso amor estava escrito nas estrelas, você simplesmente sem se importar chega e as apaga, me deixando na escuridão, meu coração que a tempos era alegria, hoje chora de tanta solidão.
Te amo demais, para ter raiva ou ódio de você, mas você encontrou outro alguém, e as mesmas palavras, que um dia pra mim você às declarou, agora é pra outra que você as diz...

2 comentários:

Rafael H. Santos disse...

Sabe o que eu mais gosto nos seus textos: a sua honestidade nas palavras, você não inventa, você não se preocupa em como o texto vai sair, a sua única preocupação é a preocupação que todos deviam ter ao escrever, que é simplesmente, escrever tudo aquilo que se sente da maneira mais honesta e direta possível. Mais uma vez você está de parabéns pelo texto.
Beijos e saudades de você!!!
ah e nem vou comentar a msg do celular viu, rsrs

Fabricante de Sonhos disse...

O amor é sempre assim...
E não entendê-lo é próprio do ser humanos, mas só aqueles que falam com a alma, conseguem expressá-lo.
É preciso ter coragem!

Lindo o texto!

Um beijo Grande!
Milla Borges